Todas as mães - Maira Roversi

25/04/2019

Todas as mães - Maira Roversi

Mãe que trabalha, mãe que estuda, mãe que pesquisa. Com um filho, dois, três, até quatro. Mãe que tem horário flexível, mãe que viaja muito, mãe que tem a própria empresa. Não existe uma regra nem um jeito único de ser mãe.

Para valorizar os mais diferentes tipos de maternidade, durante o mês de maio, a ImpulsoBeta vai entrevistar diversas mulheres com as mais diferentes histórias sobre maternidade. Conheça a Maira Roversi, diretora da IBM e mãe de três filhos.

Quer receber as novidades e conteúdos da ImpulsoBeta? Se inscreva em nossa newsletter!

Durante seus 21 anos de carreira, Maira esteve na IBM. Começando como estagiária de Marketing, dentro da empresa ela conta que viveu vários marcos: sua formatura no Mackenzie, o primeiro emprego como registrada e até sua primeira viagem de avião. Ao longo desse período, ela também vivenciou um ambiente com cultura de mudança constante, o que proporcionava a ela a oportunidade de a cada 2 anos ela mudar de função - as vezes, com mudanças até de cidade e país.

Ao longo dessa jornada na IBM, Maira conheceu quase todos os países da América Latina, alguns da Ásia e muito dos Estados Unidos. Com um crescimento tão contínuo, ficou difícil decidir em que momento a vontade de ser mãe entraria em sua vida: "Estava difícil encontrar o momento certo. Acho que nunca teria o momento certo, então, tomamos a decisão, meu marido e eu, e o Caio chegou em nossas vidas quando eu tinha 31 anos."

Após o primeiro filho, Maira não parou de crescer na carreira e agradece também a IBM por isso: "Sou muito agradecida por trabalhar numa empresa que sempre me permitiu conciliar a vida profissional com a maternidade. O trabalho é intenso e existem picos que realmente demandam mais. Por outro lado, nunca deixei de comparecer a uma apresentação na escola ou a uma reunião com as professoras. A relação tem funcionado muito bem ao longo desses 11 anos como mãe."

Durante nossa conversa, Maira conta também que desde muito jovem sempre teve três sonhos: se formar, ser mãe e se tornar diretora. No nascimento de seus filhos gêmeos, porém, Maira comenta que encontrou desafios no equilíbrio das funções: "Acredito que uma das fases mais difíceis foi quando os gêmeos tinham 6 meses e eu tive que assumir uma área nova, passando a semana em outra cidade e os vendo apenas no final de semana. Foram os 5 meses mais longos da minha vida! Por outro lado, muitas portas se abriram com essa nova função. É o trade off que você precisa fazer em muitos momentos da vida/ carreira."

Como conselho, Maira diz que "o equilíbrio está mais na sua mão do que você imagina. Assuma as rédeas da situação e não tenha medo de pedir ajuda! Seja para seu companheiro, algum familiar, algum amigo. Você vai se surpreender com a empatia das pessoas quando se trata de ajudarem uma mãe!" e completa "você acaba sendo julgada o tempo todo... se dá atenção demais ao filho, está mimando; se dá atenção de menos, está negligenciando; não tem como agradar a todos. O importante é ter uma linha mestra e acreditar que você está fazendo o seu melhor. Pode não ser O melhor, mas é o SEU melhor, e isso deveria bastar para você ter tranquilidade e paz de espírito."


Maira com o filho mais velho, os dois filhos gêmeos e o marido
Maira com o filho mais velho, os dois filhos gêmeos e o marido