Pessoas dormem melhor em sociedades com maior igualdade de gênero - cientistas afirmam

18/07/2018

Tradução livre do texto "People sleep better in more gender-equal societies, scientists claim" da Independent,UK

Confira o texto original aqui!

"Sociedades que são mais eficazes em equalizar relações econômicas e políticas de gênero têm cidadãos que dormem melhor"

Casais que vivem em países com maior igualdade de gênero estão mais propensos a dormir melhor, descobriu uma nova pesquisa.

De acordo com um estudo de mais de 14.000 pessoas em 23 países europeus, ambos os sexos se beneficiam de um sono melhor em países onde os homens assumem um papel mais ativo no cuidado das crianças e mais mulheres têm empregos de alta senioridade.

A pesquisa foi conduzida por uma equipe de sociólogos da Universidade de Melbourne, que analisou dados do índice de empoderamento de gênero das Nações Unidas e números sobre a qualidade do sono relatada no European Social Survey.

A Grã-Bretanha está um pouco acima da média no índice da ONU, que leva em conta o número de mulheres em cargos de alto escalão e as disparidades salariais entre homens e mulheres. O estudo descobriu que 14 por cento dos homens no Reino Unido e 20 por cento das mulheres sofrem de sono agitado

A Noruega é a mais alta no índice, com apenas três por cento dos homens e nove por cento das mulheres relatando sono agitado.

Enquanto isso, a Ucrânia foi classificada como a mais baixa, com os níveis de distúrbios do sono subindo para 16% para homens e 22% para mulheres.

Embora não exista uma maneira clara de explicar o vínculo, a principal autora, Leah Ruppannear, acredita que pode estar relacionada à igualdade de gênero, reduzindo as pressões e ansiedades nas famílias que podem levar a distúrbios do sono.

Por exemplo, o estudo constatou que o sono das mulheres tem mais probabilidade de ser perturbado por crianças pequenas e obrigações familiares, enquanto o sono dos homens tem maior probabilidade de ser afetado pelas demandas do local de trabalho e preocupações com as finanças domésticas.

Quando essas responsabilidades são distribuídas mais uniformemente em nações que fortalecem as mulheres, a Ruppannear sugere que ambos os sexos possam se beneficiar de um sono de melhor qualidade como resultado.

"À medida que mais famílias equilibram as demandas do trabalho e da família, quem tem o direito de dormir descansado e restaurador é cada vez mais importante", ela escreve para The Conversation.

"O gênero, um importante organizador de nossas vidas diurnas, também desempenha um papel crucial em quem se levanta para confortar o bebê e em quem têm o sono interrompido preocupando-se com as finanças da família.

"As sociedades que são mais eficazes em equalizar relações econômicas e políticas de gênero têm cidadãos que dormem melhor.

"Como o sono é uma dimensão integral para a saúde e o bem-estar, o benefício econômico, de saúde e social para estar bem descansado não pode ser subestimado. Então, vamos trabalhar juntos para ir para a cama.